Sábado, 16 de Abril de 2005

Apesar de tudo...


  Sei que te magoei no passado, mas será que mereço tudo isto por que me fazes passar? Já lá vai tanto tempo desde que cometi o meu erro, e como tu disseste uma vez, eu sou humana, toda agente erra nem que seja uma vez na vida, e eu ja fiz de tudo para te provar que nada daquilo voltará a acontecer mas tu continuas a fazer-me passar por estas coisas e já não sei se mereço isto...


  Se tu ao menos soubesses o que eu sinto quando me ignoras, quando me beijas com desprezo apesar de já não nos vermos há algum tempo, quando me sinto ansiosa por te ver e tu me "despaxas" como se nada fosse, quando me empurras para longe quando só quero estar é ao pé de ti, quando tento te dar a mão e tu me a recusas, quando te tento abraçar e te afastas, quando falo contigo e tu me respondes bruscamente, desinteressado, por vezes chateado como se tivesse feito algo de mal, quando não me diriges a palavra durante horas a fio, quando mal me olhas quando estou mesmo á tua frente, quando finges que eu não existo quando estou mesmo ao teu lado...


  Se tu ao menos soubesses o quanto me magoa a tua frieza, a tua indiferença, o teu desprezo...Já não sei se mereço isto...


  E não consigo compreender porque demonstras sempre o contrário do que me dizes! Se disseste que querias que as coisas resultassem e voltassem a ser as mesmas que eram antes, porque demonstras o contrário? Porque me fizeste aquilo ontem? Não sei como consegues fngir que eu não sou ninguém, será que não te magoa fazeres isso depois de tudo o que já passámos juntos? Será que o nosso passado nada siginfica para ti? Como consegues ser tão frio? Se já não queres mais, se eu já nada sou para ti, diz logo, não me enganes assim, não me faças passar por tudo isto...


  Por vezes parece que fazes de propósito, parece que estás a tentar fazer com que eu chegue a um estado que não aguente mais e que ponha um ponto final na nossa relação!...Mas eu não farei isso! Recuso-me a fazer algo que não quero...Se queres que tudo acabe, deixa de ser cobarde e admite tudo de uma vez! Apesar de eu te amar com tudo aquilo que sou, e a única coisa que eu realmente quero é que fique tudo bem e que continuemos juntos por muito mais tempo, eu não quero andar enganada e não quero que estejas comigo contrariado...Se não querias estar comigo ontem porque não disseste!Escusavas de me ter feito passar por toda aquela situação, nunca me senti tão mal como ontem, tão desprezada, tão reles, fizeste-me sentir que não era ninguém...Nunca pensei que me fizesses passar por aquilo...Apesar de te ter magoado no passado, acho que não merecia nada daquilo... 


   Apesar de tudo isto, de toda esta minha tristeza, mágoa e desilusão, eu AMO-TE com todo o meu coração*** (o amor é assim...)***

publicado por anafilipaafonso às 14:08
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Julho 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. ...

. Uma Noite Para Comemorar

. Adeus...

. Adeus, nunca te esquecere...

. Esta maldita dor...

. Porque é a vida assim?...

. Sinto tanto a tua falta.....

. ...

. Together Forever

. Com dedicação

.arquivos

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds