Terça-feira, 5 de Julho de 2005

Adeus...


Será que tudo acabou? Não sei…como haverei de saber, se não tenho notícias tuas há quase uma semana?! Deixei-te chamadas não atendidas no telemóvel, deixei-te uma mensagem, e nada…não respondeste às chamadas, não respondeste à mensagem…Também não disse mais nada, cansei, sou sempre eu a andar atrás de ti, sou sempre eu a telefonar para saber se está tudo bem, e tu, nem te importas…podia muito bem ter morrido que tu nem querias saber, podia ter acontecido alguma coisa, e tu não te importaste, não dizes nada, não te preocupas….eu não me preocupo porque sei que estás bem, tenho como saber, ora tu, tu não sabes de mim e não te interessas…


Acabou!...chega de chorar por ti, já não mereces as minhas lágrimas!...Cansei de não ter lugar nem espaço na tua vida, há tanto tempo que me sinto posta de lado, pareço um trapo velho que tu guardaste na gaveta e que utilizas só quando te convém, não me dás amor, não me dás carinho, não me dás atenção…e dizes tu que gostas de mim…que raio de amor é esse?! Desprezar assim é amar?! Não compreendo, compreendo que não haja tempo para estarmos juntos, mas não compreendo como não tens 5minutos antes de dormir para escrever uma mensagem, ou não tens uns minutos para ligares durante o dia inteiro…não compreendo isso, não compreendo a tua indiferença…


Não compreendo como me criticas, e como ficas tão irritado por eu falar com outras pessoas, se eu procuro a atenção de outras pessoas é porque tu não me preenches, não me dás atenção…Com que direito me insultas por eu falar com outras pessoas sobre os nossos problemas!? Se toda a vez que eu tentava falar contigo sobre o que estava a sentir, sobre o quanto me magoava a tua indiferença, como sentia falta de carinho, de amor, de atenção, tu alegavas não ter paciência para essa conversa, que não estavas para te chatear…E foi por isso que procurei outra pessoa com quem pudesse conversar, nada mais, só para desabafar aquilo que tu não tinhas paciência para ouvir… e tu criaste filmes em torno disso, não acreditas na minha palavra quando te disse que era só um amigo, parece que não me conheces, e no entanto tu és a única pessoa que alguma vez me conheceu como eu sou realmente, não sabes o quanto me magoa essa tua desconfiança…


Acabou…Faz a tua vida, faz o que quiseres, já nada me importa…Se tenho a certeza que é o que quero?...Não…Mas é o melhor para mim…Isto não é saudável, eu amo-te tanto…mas já não sou feliz ao teu lado, e esta infelicidade está a matar-me aos poucos…o melhor é isto ficar por aqui, talvez assim se consiga ainda salvar a nossa amizade, tu és o meu melhor amigo, não quero perder também a tua amizade…já basta ter perdido o teu amor…


Vai, faz o que quiseres com a tua vida, segue o teu caminho, e se algum dia perceberes que afinal gostas de mim, que me consegues dar amor, carinho, atenção, como um dia me deste, se descobrires que afinal existe tempo e espaço na tua vida para mim, sabes onde me encontrar…eu estarei aqui à tua espera…


Adeus…


 


 

publicado por anafilipaafonso às 20:13
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De f.januario a 21 de Junho de 2006 às 00:26
Nós comportamo-nos como membros de uma sociedade moderna quando nos convém. No momento em que achamos que a liberdade do outro/da outra pode "pôr em causa" o nosso ego, voltamos à nossa mentalidade retrógrada. Ter amigos e amigas é de certeza a melhor das coisas. Melhor que isso só mesmo amar alguém que nos entenda como somos. Podermos ter amigos e amigas sem que isso seja um "acto reprovável" aos olhos de quem amamos. Infelizmente esse é um problema que nos vais tocando a quase todos. Coragem mulher. Sê quem és e não quem os outros querem que sejas. Conselho de homem maduro que gosta de ser livre para ter amigos e amigas e que não permite a ninguém que lho proiba. A ninguém mesmo.
De mykas0 a 30 de Julho de 2005 às 02:16
Rapariga, nunca sofras por nenhum rapaz. Nem sei que idade tens, mas já devias ter juízinho aí na cabeça e saber que NENHUM rapaz merece que se sofra por eles. Eles são só uns bananas que só querem sexo, portanto esquece e parte mas é para outra! :)
De adriana a 4 de Dezembro de 2007 às 15:35
Oie...

Texto forte e carregado de sentimento..Engraçado como vim parar aqui no seu blog. E ler tuas palavras fez lágrimas rolarem na minha face, pois estou em um momento como esse que vc passou.

Adoraria conversar com vc!!
Se puder me add no msn: adriana_lopes2@hotmail.com

Um grande abraço, da amiga...
Adriana
De Carla a 11 de Janeiro de 2009 às 00:43
Ja passei por algo parecido. Até dá impressao de ser a mm pessoa... Os homens são tão parecidos...
De ines a 18 de Fevereiro de 2009 às 00:33
escreves tao bem ana :o :D
desejo te tudo de bom :)

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Julho 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...

. Uma Noite Para Comemorar

. Adeus...

. Adeus, nunca te esquecere...

. Esta maldita dor...

. Porque é a vida assim?...

. Sinto tanto a tua falta.....

. ...

. Together Forever

. Com dedicação

.arquivos

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds