Domingo, 17 de Abril de 2005

Alma vazia...



   Sinto a alma vazia...Uma tristeza profunda inundou hoje o meu coração, para além de toda a tristeza que carrego comigo já há algum tempo...


   Sinto o coração despedaçado, não sei onde estou, que local escuro e sombrio é este onde me encontro? Porquê este tamanho vazio dentro de mim?...Por tua causa, só por tua causa...Eu sei que vazio é este, já o senti antes...É o vazio da alma, é não ter nada que nos agarre à vida, é não ter amor no nosso coração, ou melhor, é não sentir amor, é sentir que estamos sozinhos no mundo, que não temos ninguém que ampare as nossas quedas...Porque te foste? Porque te tornaste nisto que és agora? Nunca pensei que te podesses tornar nisto...Foste tu outrora que preencheu o vazio dentro de mim, que encheu a minha vida de cor, que me ensinou a voar quando as minhas asas há muito se tinham esquecido de como se fazia...Foste tu que me ensinaste o que é ser feliz, ensinaste-me o que é o amor, voltaste-me a fazer sonhar...E hoje...Hoje demonstras-me o que é a tristeza, o que é a dor de amar alguém, o que é a solidão, restituíste-me o vazio que em tempos preencheste...Fazes-me sentir tão perdida, tão só...Porque teve isto de acontecer...Sinto-me tão incapaz, incapaz de fazer algo para que volte a existir entre nós o que houve em tempos...Sinto-me triste porque olho para o passado, para os momentos de carinho, de amor, de felicidade...Penso nos momentos em que me protegias do mundo com as tuas asas de anjo, quando enxugavas as minhas lágrimas com um beijo...Mas agora quem me vai proteger do mundo? Quem vai enxugar as minhas lágrimas? Não posso deixar de citar o que um visitante do meu blog deixou num comentário :  " nenhuma pessoa merece as tuas lágrimas, e quem as merece, não te fará chorar.", mas o que acontece quando esse alguém, que em tempos mereceu as minhas lágrimas, me faz agora chorar? Sinto-me tão perdida, tão sozinha neste mundo...Sinto tanta mágoa dentro de mim, que me consome e destroí aos poucos...Não sei onde isto irá parar...Nem sei como me sinto, nunca na vida me senti assim...Tão confusa, tão desamparada...Que mundo é este? Que vida é esta? Porque acontecem coisas destas?...Tudo o que queria era ser feliz, tanta gente o quer ser, porque será tão dificil ser feliz? Porque é o amor assim? Será mesmo que existe amor? Estarei a deixar de ser eternamente romântica? Não sei, já nada sei...


   Obrigada aqueles que visitam e deixam comentários, tentarei manter-me eternamente romântica apesar destas desilusões constantes... 

publicado por anafilipaafonso às 15:01
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Julho 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. ...

. Uma Noite Para Comemorar

. Adeus...

. Adeus, nunca te esquecere...

. Esta maldita dor...

. Porque é a vida assim?...

. Sinto tanto a tua falta.....

. ...

. Together Forever

. Com dedicação

.arquivos

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds