Domingo, 31 de Julho de 2005

...

publicado por anafilipaafonso às 16:40
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Uma Noite Para Comemorar


Esta é só uma noite para partilhar
qualquer coisa que ainda podemos guardar cá dentro
um lugar a salvo
Parou de correr
Quando nada bate certo
E se fica a céu aberto
Sem saber o que fazer
Esta é uma noite para comemorar
Qualquer coisa que ainda podemos salvar do tempo
um lugar para nós
onde demorar
Quando nada faz sentido
E se fica mais perdido
e se anceia pelo abraço de um amigo
Esta é só uma noite para me vingar
do que a vida foi fazendo sem nos avisar
foi-se acumulando em fotografias
em distâncias e saudades
Numa dor que nunca acaba
e faz transbordar os dias
Esta é uma noite para me lembrar
Que há qualquer coisa infinita como um firmamento
Um sorriso, um abraço
Que transcende o tempo
e ter medo como dantes
de acordar a meio da noite
a precisar de um regaço

Esta é só uma noite para partilhar
Qualquer coisa que ainda podemos guardar cá dentro
Um lugar a salvo
Parou de correr
Quando nada bate certo
E se fica a céu aberto
Sem saber o que fazer
Esta é uma noite para comemorar
Qualquer coisa que ainda podemos salvar do tempo
Um lugar para nós
Onde demorar
Quando nada faz sentido
E se fica mais perdido
e se anceia pelo abraço de um amigo


 Mafalda Veiga

publicado por anafilipaafonso às 16:39
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 5 de Julho de 2005

Adeus...


Será que tudo acabou? Não sei…como haverei de saber, se não tenho notícias tuas há quase uma semana?! Deixei-te chamadas não atendidas no telemóvel, deixei-te uma mensagem, e nada…não respondeste às chamadas, não respondeste à mensagem…Também não disse mais nada, cansei, sou sempre eu a andar atrás de ti, sou sempre eu a telefonar para saber se está tudo bem, e tu, nem te importas…podia muito bem ter morrido que tu nem querias saber, podia ter acontecido alguma coisa, e tu não te importaste, não dizes nada, não te preocupas….eu não me preocupo porque sei que estás bem, tenho como saber, ora tu, tu não sabes de mim e não te interessas…


Acabou!...chega de chorar por ti, já não mereces as minhas lágrimas!...Cansei de não ter lugar nem espaço na tua vida, há tanto tempo que me sinto posta de lado, pareço um trapo velho que tu guardaste na gaveta e que utilizas só quando te convém, não me dás amor, não me dás carinho, não me dás atenção…e dizes tu que gostas de mim…que raio de amor é esse?! Desprezar assim é amar?! Não compreendo, compreendo que não haja tempo para estarmos juntos, mas não compreendo como não tens 5minutos antes de dormir para escrever uma mensagem, ou não tens uns minutos para ligares durante o dia inteiro…não compreendo isso, não compreendo a tua indiferença…


Não compreendo como me criticas, e como ficas tão irritado por eu falar com outras pessoas, se eu procuro a atenção de outras pessoas é porque tu não me preenches, não me dás atenção…Com que direito me insultas por eu falar com outras pessoas sobre os nossos problemas!? Se toda a vez que eu tentava falar contigo sobre o que estava a sentir, sobre o quanto me magoava a tua indiferença, como sentia falta de carinho, de amor, de atenção, tu alegavas não ter paciência para essa conversa, que não estavas para te chatear…E foi por isso que procurei outra pessoa com quem pudesse conversar, nada mais, só para desabafar aquilo que tu não tinhas paciência para ouvir… e tu criaste filmes em torno disso, não acreditas na minha palavra quando te disse que era só um amigo, parece que não me conheces, e no entanto tu és a única pessoa que alguma vez me conheceu como eu sou realmente, não sabes o quanto me magoa essa tua desconfiança…


Acabou…Faz a tua vida, faz o que quiseres, já nada me importa…Se tenho a certeza que é o que quero?...Não…Mas é o melhor para mim…Isto não é saudável, eu amo-te tanto…mas já não sou feliz ao teu lado, e esta infelicidade está a matar-me aos poucos…o melhor é isto ficar por aqui, talvez assim se consiga ainda salvar a nossa amizade, tu és o meu melhor amigo, não quero perder também a tua amizade…já basta ter perdido o teu amor…


Vai, faz o que quiseres com a tua vida, segue o teu caminho, e se algum dia perceberes que afinal gostas de mim, que me consegues dar amor, carinho, atenção, como um dia me deste, se descobrires que afinal existe tempo e espaço na tua vida para mim, sabes onde me encontrar…eu estarei aqui à tua espera…


Adeus…


 


 

publicado por anafilipaafonso às 20:13
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

Adeus, nunca te esquecerei...


Usher


"Separated"

Oh no, no, no, no

If love was a bird
Then we wouldn't have wings
If love was a sky
We'd be blue
If love was a choir
You and I could never sing
Cause love isn't for me and you

If love was an Oscar
You and I could never win
Cause we can never act out our parts
If love is the Bible
Then we are lost in sin
Because its not in our hearts

So why don't you go your way
And I'll go mine
Live your life, and I'll live mine
Baby you'll do well, and I'll be fine
Cause we're better off, separated

If love was a fire
Then we have lost the spark
Love never felt so cold
If love was a light
Then we're lost in the dark
Left with no one to hold

If love was a sport
We're not on the same team
You and I are destined to lose
If love was an ocean
Then we are just a stream
Cause love isn't for me and you

So why don't you go your way
And I'll go mine
Live your life, and I'll live mine
Baby you'll do well, and I'll be fine
Cause we're better off, separated

I know we had some good times
It's sad but now we gotta say goodbye


you know I love you, I can't deny
I can't say we didn't try to make it work for you and I
I know it hurts so much but it's best for us
Somewhere along this windy road we lost the trust
So I'll walk away so you don't have to see me cry
It's killing me so, why don't you go

So why don't you go your way
And I'll go mine
Live your life, and I'll live mine
Baby you'll do well, and I'll be fine
Cause we're better off, separated


 


publicado por anafilipaafonso às 11:53
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 2 de Julho de 2005

Esta maldita dor...


Por vezes a vida enche-nos de tanta tristeza, tanta mágoa, tanta incerteza...


Muitas vezes adormeço a chorar, na esperança que no dia seguinte, quando acordar,


Tudo tenha sido um pesadelo que acabou com o despertar, que não tenha mais que chorar,


Mas isso nunca acontece, e esta maldita dor, nunca desaparece... 

publicado por anafilipaafonso às 19:14
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Julho 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...

. Uma Noite Para Comemorar

. Adeus...

. Adeus, nunca te esquecere...

. Esta maldita dor...

. Porque é a vida assim?...

. Sinto tanto a tua falta.....

. ...

. Together Forever

. Com dedicação

.arquivos

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds